Palestras

Palestras Interativas

Essas palestras interativas têm como público alvo diferentes segmentos (empresas, instituições sociais, escolas), uma vez que as situações abordadas se moldam ao contexto habitado pelos participantes.

O termo aqui utilizado tem o intuito de frisar que ao final de cada exposição reserva-se um tempo para o diálogo com os presentes, tendo como pano de fundo as perguntas e questões suscitadas a partir da palestra proferida.

CIEE_foto-limpa

A importância do autoconhecimento no planejamento da carreira

Esta palestra aborda situações ocorridas para mostrar como o desenvolvimento da trajetória profissional está diretamente atrelado ao percurso feito pela vida pessoal. Demonstra que o fato de nos apropriarmos com maior consciência dessas variáveis que atravessam as escolhas que realizamos contribui de modo importante para o planejamento da carreira.

A humanização das relações interpessoais

Por intermédio de situações fictícias do cotidiano um leque de cenas é oferecido aos participantes, através do qual eles podem se reconhecer nalgumas dinâmicas vividas pelos personagens e, deste modo, serem estimulados a terem maior referência sobre as tensões, jogos e conflitos nos vínculos que estabelecem.

A ansiedade e o medo no mundo contemporâneo

Esta exposição visa explicitar alguns fatores característicos da sociedade atual e argumentar que eles têm criado expectativas que, por sua vez, tem levado seus integrantes ao medo e à ansiedade. Algumas alternativas são propostas.

Qualidade de vida?

Tem por objetivo questionar esta já batida noção do que seja “qualidade de vida”, checando os reais valores pelos quais nos guiamos ou nos deixamos guiar. Busca proporcionar uma visão mais crítica sobre as escolhas que fazemos em nosso cotidiano.

Grupo de apoio ao processo de trabalho

Fundamentado em sua tese de doutorado e nas experiências práticas que tem desenvolvido há vários anos, Luiz Contro discorre sobre os desafios com que se depararam as equipes que dessa vivência se nutriram e se nutrem, bem como sobre os ganhos daí decorrentes. Por meio desses episódios, devidamente respaldados eticamente, o funcionamento dessa proposta de acompanhamento do trabalho em equipe se explicita.

O psicodrama nas organizações

Os participantes são levados a refletir sobre seu papel de “cuidador”, checando alguns dos aspectos pessoais, institucionais/organizacionais e sociais de como esse atributo foi se incorporando em sua vida. A partir desse exercício questiona-se o modo como cada um vem desempenhando e desenvolvendo esta função, avaliando motivos de desconfortos existentes e apontando alternativas.

RH: como ampliar a autonomia das equipes?

Essa palestra busca descrever alguns importantes procedimentos que podem proporcionar uma ampliação da autonomia das equipes.

Mudança: Por Quê? Para Quê?

Tem como objetivo oferecer referências sobre o tema, nos campos da neurociência, arte, filosofia e psicologia, visando sua importância e aplicabilidade no cotidiano das instituições/organizações, bem como nas diferentes etapas da vida dos indivíduos e grupos.