Livros

Conheça meus livros, e leia a sinopse de cada um deles.

Simplesmente amigo…

Frente Verso Editora – BH – 2015

Neste livro, organizado por Mariana Bertussi e Maria Inês Coelho, com ilustrações de Elizabeth Gontijo, Luiz Contro escreve uma crônica poética abordando o tema da amizade.

simplesmente
1

Por dentro das equipes

Editora: Ágora, 2014

Partindo de sua experiência com intervenções em equipes organizacionais e institucionais, Luiz Contro propõe alternativas para tornar o trabalho mais prazeroso. A sua proposta prevê a ampliação da autonomia, o aumento da consciência crítica e a implantação de dinâmicas mais espontâneo-criativas e menos cristalizadas no fazer diário.

Clique aqui para ler entrevista com o autor sobre este livro

PSICODRAMA Ciência e Arte

Editora: Ágora, 2011

Como co-autor deste livro, junto aos professores do Instituto de Psicodrama de Campinas SP, escreveu o capítulo intitulado DIÁLOGOS ENTRE CAMPOS DISCIPLINARES:Psicodrama e Análise Institucional. Nele, aponta para o cuidado a se tomar sobre a viabilidade ou não de se articular diferentes campos disciplinares. Sugere subsídios para embasar a percepção de quando esta articulação é procedente ou não. Como referência, oferece uma reflexão entre os campos do psicodrama e da análise institucional. Propõe que se faça uma revisão do conceito de conserva cultural, tomando como balisador a tríade conceitual instituído-instituinte-institucionalização.

8
6

PSICOSSOCIOLOGIA CRÍTICA
a intervenção psicodramática

Editora: CRV, Curitiba, 2011

Este livro, como proposta geral, defende a ideia de que o psicodrama se coloca como uma psicossociologia crítica. Ao mesmo tempo, aborda e oferta novos ingredientes ao método sociopsicodramático.
Correspondendo a dois capítulos da tese de doutorado do autor, pretende contribuir com mais uma etapa na construção do conhecimento no campo das inter-relações. Aqueles que lidam com grupos em instituições, organizações ou mesmo psicoterápicos, poderão encontrar questionamentos sobre seu fazer e pensar. Afinal, é sempre válido se perguntar a serviço do que e de quem estamos conduzindo nossos atos e processos de intervenção.

BIREYSEL PSIKODRAMADAN
Büyük Gruplarla
SOSYO – PSIKODRAMAYA

2011

Esta é uma edição em turco da obra
FROM ONE-TO-ONE PSYCHODRAMA TO LARGE GROUP SOCIO-PSYCHODRAMA

4
7

From one-to-one Psychodrama to large group socio-Psychodrama

2008

“Este é o segundo volume de textos sobre o psicodrama brasileiro traduzidos e editado em Inglês por Zoli Figusch. O livro foca-se em duas áreas nas quais foram introduzidos desenvolvimentos criativos da parte dos psicodramatistas brasileiros. Através da reflexão teórica e de exemplos do fazer clínico a primeira parte apresenta a teoria e a prática do psicodrama bi-pessoal, ou seja, psicoterapia psicodramática com um cliente individual e sem egos auxiliares. A segunda parte centra-se no trabalho sócio-psicodramático com grandes grupos e eventos públicos reunindo um grande número de participantes.”

Nesta última sessão foi publicada o capítulo de Luiz Contro intituladoSoliloquies of the director: interventions in a large group. Você pode acessar o conteúdo deste livro aqui

Práticas Grupais Contemporâneas

Editora, Ágora, 2006

“Os colaboradores deste livro são profissionais que trabalham em diferentes atividades sociais e têm em comum o fato de pensarem e agirem de forma questionadora. Essa prática reflexiva lhes permite transformar os problemas humanos, estimulando uma conversação fértil e viva com os participantes. Seu papel passa a ser descolonizador, político e espiritual.”

Luiz Contro colaborou aqui com o capítulo intitulado O todo nas partes: psicodrama com guardas municipais.

5
2

Nos jardins do Psicodrama

Editora: Alínea, 2006

Nossa sociedade contemporânea tem, dentre alguns dos temas protagônicos aqui explorados, o totalitarismo econômico e a sobrevalorização do privado como forças que atravessam seus membros e instituições de toda ordem.

Munido do referencial psicodramático, o autor encara o desafio de realizar um trabalho de pesquisa, questionamento e aprimoramento desse instrumental, na tentativa de obter maior poder de alcance frente a transformações que vê como prementes.

O livro articula conceitos e os referenda numa prática, que habita diversos jardins por onde Luiz Contro transita.

Para ouvir a Entrevista com Luiz Contro para a Rádio Educativa, 2004, sobre o psicodrama e o livro “Nos jardins do Psicodrama – entre o individual e o coletivo contemporâneo”.

Clique no player abaixo:

Entrevista: Rádio Educativa, 2004